sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Tanto tempo ausente…

Estive durante três meses sem dar notícias aqui no blogue. Demasiado tempo e não vale a pena perdê-lo a justificar-me. Vou fazer um resumo do que tem acontecido durante esta ausência:
- Muito trabalho…cada vez mais trabalho

- Muitas saudades...e o que sinto mais falta é de não acompanhar o que têm vivido os que me são mais queridos

- Muita praia, muito sol, muita areia….mas só aos domingos

- Viagem Benguela – Lobito I … calma, sossego e não cheira a lixo

- Viagem Benguela – Lobito II … caotinha…praia magnifica de águas transparentes

- Viagem Benguela – Lobito III … baía azul …outra excelente praia

- Viagem Benguela – Lobito IV … Igreja N. Sra. de Fátima…obra magnifica de arquitectura (Aubert Morbey, 1968)

- Viagem Benguela – Lobito V … pôr do sol na praia Morena

- Viagem Benguela – Lobito VI … as paisagens magníficas ao longo de toda a viagem

- Viagem Bengula – Lobito VII … cachoeiras do rio Keve

- Muito cansaço…muito desgaste...e algumas rugas

- Muitos sorrisos…muitos olhares de ternura

- O meu 31º aniversário…e o 1º festejado em Angola

- O meu 1º aniversário festejado em Angola… surpreendente… com muita humildade e autenticidade (duas festas surpresa)

- No mesmo dia: Um teste ao paludismo positivo….um teste ao paludismo negativo (milagre…curada em 6 horas e sem medicação)

- O 1º churrasco promovido em minha casa….os amigos fizeram tudo e não me deixaram fazer nada

- Muito stress…muitos problemas…mas é por isso que aqui estamos

Apesar de tudo o que há de bom e tudo o que há de mau, estou cada vez mais apaixonada por este povo alegre e que esbanja, gratuitamente, sorrisos.

sábado, 29 de agosto de 2009

Ás compras em Angola...

Como já tinha ralatado em textos anteriores, em Angola tudo é caríssimo, até diria mesmo, exorbitante. A verdade é que fazer compras aqui em Luanda, para mim é sempre uma dor de cabeça: nunca encontro tudo o que quero num só sitio, muitas das vezes não conheço as marcas, o aspecto dos produtos nem sempre é o melhor, a confusão nas filas das caixas, a assinatura do talão à saída do edificio... bastante cansativo. O mercado informal é o mais comum em qualquer ponto da cidade; em qualquer rua e até no trânsito encontra-se de tudo: frutas, vegetais, balanças de casa de banho, DVD's, corta-unhas, gilletes, pastilhas elásticas, bebidas frescas, pão, tapetes, carne, peixe... Mas, para mim nunca será um hábito procurar na rua e continuo a fazer as compras em algumas cadeias de supermercados que existem por cá.
Uma vez que há muita gente que quando eu relato estas coisas, não demonstra estar convencido, vou listar as compras que fiz no último fim de semana, já com a respectiva conversão para euro:



Interessante, nao é? Reparem que fiz questão de consultar um site de uma cadeia de supermercados portuguesa para comparar os preços. O preço dos iogurtes é 7x mais caro...a despesa foi 59% superior ao que seria em Portugal.
Portanto, para quem tenciona vir para cá trabalhar tenha em consideração, tal como eu tive, que a alimentação deverá estar assegurada no ordenado a acordar e esse valor tem que ser bem mais elevado que os subsídios de alimentação praticados em Portugal.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Destino? Portugal!




Nestas férias não foi dificil decidir o destino....só queria descansar em Portugal! E cá estou a:
- descansar
- estar com a minha querida família
- rever os amigos
- comer bacalhau em qualquer uma das 1001 maneiras que o podem preparar
- camarão da costa (bem picante)acompanhado de um fino bem gelado
- deliciar-me com os doces da minha mãe
- molhar os pés no mar bem gelado
- adormecer no meu sofá
- ir a supermercados onde é dificil escolher pois há sempre tanta variedade
- conduzir o meu VW Pólo
- sentir o cheiro da maresia ao final da tarde
- entrar em todas as lojas do shopping e ver tudo o que houver para ver
- passar a tarde na praia, sentada na cadeira, a olhar para a linha do horizonte
- ir com a minha mãe às compras
- almoço de família com a "barafunda" do costume
- tomar café acompanhado de pastel de nata
- comer um cornetto ao saír da praia
- vestir um casaco por causa da "nortada"

E muito mais vou continuar a fazer....!
Até breve! Estou de férias!

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Igreja de S. Francisco - Viana

Este texto é motivado e, ainda bem, por um pedido de Portugal. Amigos, que há muitos anos deixaram Angola, casaram-se na Igreja de S. Francisco em Viana (bem próximo de Luanda).
Apesar de já ter passado á frente desta Igreja, nunca me chamou a atenção, até ao dia em que me pediram para tentar encontrá-la.
Assim que passei por lá, verifiquei que tinha que ser aquela, uma vez que no átrio existe uma estátua do S. Francisco e assim que tive oportunidade, tirei as fotografias.
Lamentavelmente, a igreja estava fechada mas não pude deixar de apreciar a arquitectura e o estado de conservação já que a Igreja é completamente aberta, isto é, as portadas são em grade, permitindo apreciar-se o seu interior e estando em completa harmonia com o clima deste país. Eu não sou entendida em arquitectura, mas acredito que esta construção seja da década de 60 ou 70. A Igreja é pequena, mas muito bonita...as janelas são abertas e a entrada é ampla e com vista para o altar. Está em excelente estado de conservação o que não condiz, em nada, com Viana que se encontra muito degradada e suja. Para além disso, o átrio tem uma zona verde com muitas árvores, apagando o aspecto agreste típico das paisagens urbanas de Luanda e arredores.
Lamento 3 coisas: o facto de não me ter chamado atenção até ao dia em que me falaram, o facto de áquela hora estar fechada e o facto de não saber nada da história desta pequena igreja.
Digamos que este recanto, no centro de Viana, é um achado....um local calmo, limpo e bem conservado.
Deixo aqui algumas fotos e peço desculpa pela qualidade. Garanto que numa próxima passagem não as tiro com telemóvel mas com uma boa máquina!
Agradeço se algum dos leitores souber algo mais desta igreja, que deixe essas informações em comentário.
P.S. - Esta rua deve ser a única em Viana que não está esburacada...:) !!!


















segunda-feira, 22 de junho de 2009

Paulo Flores






Este concerto que tive o prazer de assistir, no Cine Nacional em Luanda, foi simplesmente fantástico.
Foi a apresentação de Excombatentes, um triplo album (Viagem, Ilhas e Sembas)onde está bem presente os ritmos angolanos, tradicionais e contemporâneos. Um concerto com sala quase cheia, talvez devido ao facto de ter sido o 3º dia de concerto. Sei que recentemente, em Portugal, encheu a sala do cinema São Jorge e a Casa da Música.
Quando decidi ir a este concerto a curiosidade era enorme pois, apesar de não conhecer muito bem já tinha ouvido falar deste grande músico e compositor que já leva 20 anos de carreira. Ainda bem que fui e que tive esta oportunidade, pois foi um momento comovente... E depois de adquirir este album, e ouvir com mais atenção as letras e as musicas sinto que fiquei a conhecer muito mais deste país e descobri um magnifico poeta.
Convido a todos a comprarem este album que garanto que não vão arrepender-se!
Espero ter oportunidade de colocar num próximo post, uma das minhas músicas favoritas chamada "Pé na Lama".

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Fotos

Algumas fotos....finalmente, consegui publicar!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Um pequeno paraíso bem perto de Luanda



Olá,

mais um pequeno paraíso que me mostraram, bem perto de Luanda...Praia de Sangano!
Uma praia linda, de águas calmas e quentes, rodeada de falésias...
O convite foi feito por novos amigos...apesar de ainda não nos conhecermos bem, não hesitamos em aceitar. Depois de semanas a trabalhar com eles, é muito bom ter oportunidade de conviver. Eu e o Y. já tinhamos percebido, pela forma simples, carinhosa e despretensiosa com que sempre nos trataram…mais tarde ou mais cedo havia de nascer aqui uma boa amizade.
Logo à chegada, nada como a simpatia dos funcionários do "Pirata" para adivinhar-se um dia muito bem passado.
A praia, para além da paisagem, tem todas as condições e infra-estruturas necessárias. Tem um pequeno aldeamento turístico, onde se podem alugar bungalows a um preço em conta.
O "Pirata" é um restaurante, com um aspecto e ambiente completamente descontraído, com excelente lagosta, um anfitrião extremamente simpático, uma decoração bem ao estilo do local... digamos que se fosse diferente ou mais sofisticado, já não tinha o mesmo "sabor".É importante, que assim que se chegue, se faça a reserva da mesa, senão terão muita pena de não terem oportunidade de provar as iguarias.
Depois de muitos mergulhos, algumas caipirinhas e muitas gargalhadas chega a hora do almoço e à nossa espera estava um fabuloso arroz de lagosta e lagosta ao alho (recomendo os dois....são divinais).
Passamos um dia fabuloso, mas claro que tudo isto só é possível graças à boa companhia...eu e o Y. agradecemos aos nossos novos amigos pela simpatia e pelo dia que nos proporcionaram.

(vejam o aspecto do arroz de lagosta!)