segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Justificação


Agora que começo a ter seguidores e comentários no meu blogue, já está na altura de dar uma justificação pela falta de posts. Ando bastante ocupada a preparar a minha partida para Angola. E acreditem, não é só tratar a documentação....até agora o Y estava lá e eu cá resolvia os assuntos todos, como tal, teremos que deixar tudo de tal forma que haja o mínimo possivel para resolver à distância. Mudar de país não é assim tão simples mas não deixo de estar Feliz por ir para Angola!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Superwoman

Dedico a todas as mulheres esta música fantástica da Alicia Keys! Apreciem....tem uma voz fantástica e poderosa!



Everywhere I'm turning
Nothing seems complete
I stand up and I'm searching
For the better part of me
I hang my head from sorrow
Slave to humanity
I wear it on my shoulders
Gotta find the strength in me

Cause I am a Superwoman
Yes I am
Yes she is
Even when I'm a mess
I still put on a vest
With an S on my chest
Oh yes
I'm a Superwoman

For all the mothers fighting
For better days to come
And all my women, all my women sitting here trying
To come home before the sun
And all my sisters
Coming together
Say yes I will
Yes I can

Cause I am a Superwoman
Yes I am
Yes she is
Even when I'm a mess
I still put on a vest
With an S on my chest
Oh yes
I'm a Superwoman

When I'm breaking down
And I can't be found
And I start to get weak
Cause no one knows
Me underneath these clothes
But I can fly
We can fly, Oooohh

Cause I am a Superwoman
Yes I am
Yes she is
Even when I'm a mess
I still put on a vest
With an S on my chest
Oh yes
I'm a Superwoman

Eu vou....para Angola!

Muitas das pessoas que decidem ir trabalhar para Angola sentem-se nervosas, ansiosas, sem saberem o desafio que vão encontrar. Ao contrário dessas "muitas" pessoas, eu estou super feliz de ter recebido a noticia que vou ser integrada na empresa do Y. Estou feliz porque vamos continuar o nosso projecto de vida efectivamente juntos. I'm so Happy!
Evidentemente, o processo vai ser duro, a adaptação ao país, ao novo desafio profissional....mas estou com o Y e sei que vai tudo correr muito bem. Juntos somos imparáveis....ultrapassamos todas as barreiras.
I'm Happy...

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

O que sinto mais falta? De uma boa conversa...

A coisa que mais me tem custado neste processo todo é não conseguir CONVERSAR/COMUNICAR convenientemente com o Y. Por telefone falamos imensas vezes mas sempre acompanhado do factor "muito caro" e isso, psicologicamente, parece que não nos deixa à vontade para passar longos peridos a conversar. Para além disso, também não sou grande fã de longas conversas ao telefone, sempre fui adepta da teoria que o telefone serve unica e exclusivamente para dar recados. Bem, a frase que acabei de escrever já deve estar a suscitar perplexidade na cabeça do Y; a esta hora já está ele a pensar "Como é possivel dizeres que só utilizas o telefone para recados e mesmo assim as contas são sempre tão altas". O que o Y se esquece é que eu tenho sempre imeeeeeeensa gente a quem dar pequenos/grandes recados. Utilizo também as chamas telefonicas do skype que são significativamente mais baratas mas é sempre uma chatice porque só posso fazer carregamentos de 10€ de cada vez e depois o saldo esgota-se e muitas das vezes só para mandar um beijinho não apetece nada ligar o PC. O messenger é sempre o problema das comunicações em Angola. Constantemente o Y fica sem rede, está sempre a desligar-se; para além disso, conseguimos ver mas nunca conseguimos ouvir....é sempre um stress enorme. Para além disto, temos o mail que eu constantemente utilizo para descrever-lhe o meu dia-a-dia, desabafar, mas que o Y nunca pode responder-me. Nunca pode?!? "Muito trabalho", "estou sem rede", "Hoje estou muito cansado", "Não tenho tempo" ... estas são algumas das respostas que o Y me vai dando sempre que eu reclamo por um mail. Falamos muitas vezes mas com pouca "qualidade". Como podem entender, a ausência fisica custa imenso mas o que ainda me faz mais falta é uma boa conversa, olhos nos olhos - Comunicar, Dialogar! Torna-se angustiante não saber exactamente o que vai na cabeça do Y, as suas duvidas, as coisas que o perturbam, ler o seu olhar.....e é aí que vemos que estando longe não há partilha, não há afecto, não há sorrisos, não há abraços. Só há muitas saudades e memorias e é muito duro viver só com isso. Temos que ser pacientes, fazer o sacrificio e esperar, esperar, esperar e ironicamente, ansiar que o tempo passe muito depressa. Mas é muito dificil.....muito dificil mesmo.... Pois, como já tinha escrito noutro Post, não foi só o meu marido que foi para Angola....foi o meu melhor Amigo....foi o meu Coração!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

A partida

Eu e o Y sempre fomos muito cumplices e muito unidos. Mais do que marido e mulher, somos grandes amigos, sempre tentamos partilhar tudo e sentimo-nos sempre muito tristes quando um de nós vive uma experiência sem que o outro também possa usufruir. Sempre quisemos construir um projecto de vida juntos e isto nunca fará sentido se o Y continuar em Angola e eu cá. Tendo em conta o que escrevi nas linhas anteriores, como poderão imaginar, foi muito dificil a ida do Y para Angola.
Até ao dia anterior à partida, mantivemo-nos optimistas, sempre a fazer conjecturas e futurologia sempre baseada nas coisas que nos iam contando do país e daquilo que ia-mos pesquisando. Bem, o dia anterior à partida e o dia da partida foi muito dificil...fechar as malas, prever o que fazer na sua ausência....como qualquer despedida, foi muito dolorosa.
No fundo tive que adaptar a minha vida à ausência do Y; a vida continua, o meu emprego continua, os amigos e a familia contiunuam e concentrei-me em gerir a minha vida em função das comunicações para angola. Como dizem algumas pessoas que não conseguem saír de casa sem telemovel, eu não consigo estar mais de 8 horas sem abrir o msn, sem ler o mail, sem ligar o skype....
A minha vida profissional permite que eu tenha bastante disponibilidade em horarios que, normalmente, está toda a gente a trabalhar. Sendo assim, tenho sempre tempo para escrever longos e-mails a relatar o meu dia, a contar as novidades e a chorar as minhas mágoas. Ora, naturalmente, o Y anda a mil, cheio de trabalho, a tentar "apanhar o fio à meada" o mais depressa possivel, trabalha ao sabado, trabalha todos os dias até muito tarde, tendo pouca disponibilidade para me relatar com pormenor o que tem acontecido no dia-a-dia dele.Claro que eu entendo e aceito mas sinto muita falta dessa partilha. No fundo, mais do que a sua presença fisica é da partilha de experiências e dos desabafos que sinto mais falta....
(Y, estou cheia de saudades...e ainda faltam 42 dias)

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Stand by me

Porque há músicas intemporais e que se ouvem e cantam em todo o mundo, aqui deixo esta versão fantástica de Stand By Me!



When the night has come
And the land is dark
And the moon is the only light we'll see
No I won't be afraid, no I won't be afraid
Just as long as you stand, stand by me

And darlin', darlin', stand by me, oh now now stand by me
Stand by me, stand by me

If the sky that we look upon
Should tumble and fall
And the mountains should crumble to the sea
I won't cry, I won't cry, no I won't shed a tear
Just as long as you stand, stand by me

And darlin', darlin', stand by me, oh stand by me
Stand by me, stand by me, stand by me-e, yeah

Whenever you're in trouble won't you stand by me, oh now now stand by me
Oh stand by me, stand by me, stand by me

Darlin', darlin', stand by me-e, stand by me
Oh stand by me, stand by me, stand by me

(Para ti: Stand by me)